13º Reveza 10

13º REVEZA 10 - Ilha de Anhatomirim
Data: 19 de maio de 2018

RESULTADOS:

Campeã Absoluta - Clique Aqui

Família Completa - Clique Aqui

Super Master - Clique Aqui

Solo - Clique Aqui

Dueto - Clique Aqui

Assista ao vídeo do evento - Clique Aqui!

O Reveza 10 é uma prova por equipes formadas por 10 atletas. 

Cada atleta nada uma volta na Ilha de Anhatomirim, a distancia é de 1300 metros para cada atleta, corresponde a uma volta na Ilha. 

:: PROGRAMAÇÃO

18 de maio de 2018 - Sexta-feira - Hotel Águas de Palmas
19h30min - Entrega de kits
20h00min - Congresso Técnico
20h30min - Final entrega de kits

19 de maio de 2018 - Sábado - Saída da Scuna - Como Chegar: Clique Aqui!
07h30min - Saída da 1ª Scuna, reservada para os 3 primeiros atletas e acompanhantes se houverem vagas.
08h45min - Saída da Última Scuna para os demais atletas e seus acompanhantes.
09h00 - Largada
12h30 - Volta da 1ª scuna
13h30min - Premiação

Está incluído na inscrição:
- tickt para scuna, com preferência para os 3 primeiros de cada equipe na primeira scuna às 07h30min:
- entrada na ilha, 
- touca
- arbitragem com chip
- camiseta

- O kit contendo todos os itens acima será entregue no congresso técnico. Pelo menos um representante de cada equipe deve comparecer ao congresso técnico para obter as informações sobre o percurso e retirar o kit. Este representante será responsável por entregar a cada atleta seu material. 
- No trapiche de acesso à scuna somente atletas com o ticket da scuna e da entrada na ilha terão acesso. O ticket da scuna será entregue na entrada do trapiche, e o ticket da ilha será entregue na catrava de entrada na ilha após o desembarque.
- O atleta deve nadar com a touca fornecida pela organização, a touca de toda a equipe é numerada. Portanto, antes de ir para o embarque, certifique-se de estar com os três ítens de acesso ao evento: ticket do barco, ticket entrada na ilha, e a touca.

Scuna para acompanhantes: R$ 30,00 ida e volta. Esse valor é para crianças acima de 2 anos (de acordo com as normas da Marinha de capacidade da embarcação)
Entrar em contato para ver disponibilidade de vagas e comprar: email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou whatsapp 48 99947-0292

Entrada na ilha para acompanhantes: Deve ser adquirida ao sair da scuna, no trapiche de acesso a ilha. 
Valor: R$ 8,00.

Data máxima para alterações de sequência de largada e substituição de atletas: 14 de maio de 2018.
Não serão aceitos depósitos individuais, o depósito deve ser único para os 10 componentes da equipe.

:: ONDE COMER
Tem uma lanchonete na ilha para lanches e bebidas, para encomendar algo específico ligar no fone: 48 99856-5032.

O Restaurante Golfinho, localizado no trapiche da scuna, estará aberto desde cedo para lanches e para o almoço. Reservas, se desejar, no telefone 48 3262 6031.

OBS: ANTES DE FORMAR A EQUIPE TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE OS CRITÉRIOS.

 

:: CATEGORIAS
Muita atenção à data base para o cálculo da idade é do dia da prova, dia 19 de maio de 2018.

1 - Categoria Família Completa

Atleta - Requisitos Obrigatórios
1 - 50+ (homem ou mulher)
2 - 45+ (homem ou mulher)
3 - 40+ (homem ou mulher)
4 - Mulher (obrigatoriamente)
5 - Mulher (obrigatoriamente)
6 - Mulher (obrigatoriamente)
7 - Sexo e Idade Livres
8 - Sexo e Idade Livres
9 - Sexo e Idade Livres
10 - Sexo e Idade Livres

ou

Atleta - Requisitos Obrigatórios
1 - 60+ anos (homem ou mulher)
2 - 40+ anos (homem ou mulher)
3 - 30+ anos (homem ou mulher)
4 - Mulher (obrigatoriamente)
5 - Mulher (obrigatoriamente)
6 - Mulher (obrigatoriamente)
7 - Sexo e Idade Livres
8 - Sexo e Idade Livres
9 - Sexo e Idade Livres
10 Sexo e Idade Livres

2 - Categoria Super Master 
Soma das idades dos 10 atletas tem que ter no mínimo 400 anos, idade minima 25 anos, completos até o dia da prova. 
Mínimo 3 mulheres, podem ser todas mulheres, não podem ser todos homens!

1 - Mulher  (obrigatoriamente)
2 - Mulher  (obrigatoriamente)
3 - Mulher  (obrigatoriamente)
4 - Livre
5 - Livre
6 - Livre
7 - Livre
8 - Livre
9 - Livre
10 - Livre

3 - Categoria Solo - Feminino  (10x1300m)
Atenção:
Os participantes da categoria solo OBRIGATÓRIAMENTE devem ser o primeiro atleta de uma equipe. 
Todos os participantes são obrigados a passar na chegada a cada volta.

4 - Categoria Solo - Masculino  (10x1300m)
Atenção: 
Os participantes da categoria solo, OBRIGATÓRIAMENTE deve ser o primeiro atleta de uma equipe. 
Todos os participantes são obrigados a passar na chegada a cada volta.

5 - Categoria Dueto - Categoria unica
Atenção: 
Os participantes da categoria dueto OBRIGATÓRIAMENTE deve ser o primeiro e o segundo atletas de uma equipe.
Todos os participantes são obrigados a passar na chegada a cada volta. 
Os dois nadadores são obrigados a revezar todas as voltas.
 

Muita atenção à data base para o cálculo da idade é do dia da prova, dia 19 de maio de 2018. 

::REGULAMENTO

a) Competição amadora destinada a praticantes de natação em academias/clubes e atletas máster. 
b) 
A participação é estendida a todos os interessados que estejam aptos a prática de atividades física e Natação em Águas Abertas.

c) O horário, o trajeto e a distância da prova podem ser modificados em virtude de condições de tempo e segurança, inclusive mudança de local para onde houver melhor condição de realizar a prova;
d) 
Atletas no pódio somente com camiseta;

e) Está liberado o uso de roupa de neoprene;
f) A touca fornecida pela organizaçãodeve ser usada e ficar visível durante toda a prova;
g) Um atleta inscrito somente poderá nadar para uma equipe;
h) Caso um Atleta não complete a sua volta a Equipe poderá substituí-lo por um atleta da propria Equipe refazendo o percurso desde o início. Neste caso a Equipe não será classificada, será contemplada somente como participação.
i) Uma mulher não pode ser contada como Mulher e um atleta com idade mínima para cumprir os quesitos.
j) É permitido e aconselhável que cada equipe tenha seu próprio caiaque para conduzir o nadador, cuidando do direcionamento e principalmente da segurança.
  Importante é não atrapalhar outros nadadores, quem possuir o caiaque deve comunicar a organização;
k) ATENÇÃO: NO INÍCIO DA PROVA OS ACOMPANHANTES COM CAIAQUE DEVEM DAR ESPAÇO PARA NÃO ATRAPALHAREM OS DEMAIS PARTICIPANTES, PRINCIPALMENTE NA PRIMEIRA VOLTA!
l) Haverá caiaques da organização para a segurança e fiscalização do evento. 
m) É permitido que um atleta da mesma equipe acompanhe o que estiver nadando;
n) É proibido utilizar qualquer artefato com fogo na ilha, churrasqueiras, richô, etc.
o) Em caso de necessidade o árbitro geral da prova pode indicar que mais de um atleta da mesma equipe possam nadar juntos;
p) Valores referentes a inscrição não serão devolvidos em caso de desistência ou não comparecimento, não podendo ser transferido para outro evento;
q) Hidratação: água e fruta por conta de cada equipe;
r) Pacing/esteira liberado: nadador (acompanhante) com nadaderia / caiaque.

::CONCENTRAÇÃO
A Concentração, confirmação de inscrição e retirada de material será no Hotel Águas de Palmas e na Ilha de Anhatomirim.

::PARTICIPAÇÃO
A participação é aberta a todas as pessoas aptas a prática da natação e em perfeitas condições de saúde, com idade mínima de 11 (onze) anos.

::PREMIAÇÃO
Trofeu de campeão para o campeão geral por equipes, não inclui solo e dueto.  
Troféus para as 5 primeiras equipes de cada categoria, trofeus de participação para as demais participantes

:: PENALIZAÇÕES
Está passível de penalização o atleta que:
- Propositalmente empurrar ou dificultar a ação de outro nadador;
- Se utilizar de propulsores;
- Não cumprir integralmente o trajeto estabelecido, as bóiassinalizam pedras;
- Ultrapassar dentro do funil.

:: INFORMAÇÕES ADICIONAIS
- O prazo para envio da sequência de largada de atletas é 15 de maio;
- O prazo para alterações é 15 de maio;
- A lanchonete da ilha estará aberta, terá lanches, água e refrigerantes;
- Entrada na ilha para acompanhantes: R$ 8,00;
- Transporte de barco para acompanhantes: R$ 30,00, que pode ser adquirido no Hotel ou no local de saída da escuna com a organização do evento;
- Os tickets para acompanhantes devem ser reservados com antecedência.

:: TÁBUA DE MARÉS
A maré no dia do evento começa as 9h com a maré vazando, na praia da ilha de frente para o mar, corrente para a direita, até as 14h.
O sentido da prova deve ser decidido antes da largada, a tendência é que seja sentido anti horário.
Os dois primeiros e os dois últimos atletas devem ser os componentes mais fortes
http://www.tabuademares.com/br/santa-catarina/florianopolis

Como chegar na Baía dos Golfinhos, para Google Maps: Clique Aqui!

Opção 1 - Entrar na entrada principal de Governador Celso Ramos, seguir as placas para Palmas, está bem sinalizado. Passar por Palmas, sentido Armação, passar pela Armação, na saída da Armação (estrada de lajota) logo na subida do morro, pegar a esquerda, seguir nesta estrada que beira o mar até a próxima comunidade, estrada de lajota, entrada na estrada que leva ao trapiche da Baía dos golfinhos.

Opção 2 - Entrar no trevo novo próximo ao Km 183, seguir até a comunidade de Areias. Na bifurcação seguir a direita sentido Praia do Antenor. Próximo a Praia do Antenor é possível ver a Ilha. Passar desta comunidade, seguir até a próxima comunidade, Baía dos Golfinhos.

Para estacionar:
NÃO É PERMITIDO ESTACIONAR NA RODOVIA SC 410.
A comunidade irá disponibilizar estacionamento em terrenos sem construção. Estarão identificados com uma camiseta laranja e ajudarão na indicação dos estacionamentos. Na rua de entrada do Reveza 10 há algumas vagas ques serão ocupadas pelos primeiros a chegarem. Também nesta rua haverá vagas para deficientes e idosos.O valor do estacionamento será de R$ 10,00 que deve ser pago ao chegar. 
Os ônibus devem estacionar na praça.Combinem com os colegas para irem juntos ao evento para minimizar a quantidade de carros.

 

Hotel Águas de Palmas (6km)
Rua dos Recantos, 80 - Praia de Palmas
Gov. Celso Ramos - SC
Fone: 48 3262-8144
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
www.aguasdepalmas.com.br
Como Chegar no Hotel Águas de Palmas: Entrar na entrada na principal para Governador Celso Ramos, KM 182 no viaduto, são 18 km até o hotel.

:: RESULTADOS ANTERIORES
Resultado das primeiras edições do Reveza 10 - Clique Aqui!
Resultado 2015 - Clique Aqui!
Resultado 2016 - Clique Aqui!
Resultados 2017 - 
Clique Aqui!

Informações sobre a fortaleza no site: Clique Aqui!

Qualquer duvida entre em contato.
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Travessias.com
48 - 3232 8323
48 - 9962 3748 \ Professor Marcos Pinheiro

História

A Fortaleza de Santa Cruz está localizada na Ilha de Anhatomirim, hoje na área de jurisdição do município de Governador Celso Ramos. Estrategicamente situada na entrada da Baía Norte, a fortaleza formava, no século XVIII, um dos vértices do sistema triangular de defesa idealizada pelo Brigadeiro José da Silva Paes.
Sua construção teve início em 1739 e se estendeu por vários anos. Sua arquitetura tem traços de influência renascentista. Os seus edifícios se distribuem de maneira esparsa por toda a ilha de Anhatomirim e suas espessas e baixas muralhas de pedra apenas conformam as antigas baterias de artilharia, deixando as construções descortinadas na paisagem. A maioria dos materiais utilizados na sua construção é da própria região com exceção feita aos elementos de cantaria e ao “lioz” – espécie de calcário branco português existente nas soleiras das portas, escadarias e algumas bases dos canhões.
Entre os edifícios mais significativos da fortaleza destacamos:
Portada – de influência oriental, cujo acesso se dá através de uma escada de lioz.
Após a invasão espanhola de 1777 o sistema defensivo da Ilha de Santa Catarina entrou em descrédito e passou a ser progressivamente abandonado. Em 1894, durante a Revolução Federalista, a fortaleza serviu de prisão e base de fuzilamentos de revoltosos contra o governo de Floriano Peixoto. No início do século XX passou a pertencer ao Ministério da Marinha, e voltou a ser utilizada como prisão no desfecho da Revolução Constitucionalista de 1932. Funcionou até o final da Segunda Guerra Mundial quando novas tecnologias bélicas a tornaram obsoleta como unidade militar. Apesar de desativada, a Marinha manteve no local uma pequena guarnição de vigilância até provavelmente fins da década de 1950. A partir desta data foi abandonada e depredada.
Em 1979, a Universidade Federal de Santa Catarina assinou um convênio com o Ministério da Marinha e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, assumindo a guarda e tutela da fortaleza e dinamizando o processo de restauração de suas ruínas históricas. Em 1984, foi possível a sua reabertura à visitação pública. Entre 1989 e 1990, no âmbito do “Projeto Fortalezas da Ilha de Santa Catarina – 250 anos na História Brasileira”, foi concluída a restauração da Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.